COMO AREIA MOVEDIÇA

Liberdade

O que acontece quando uma pessoa entra em areia movediça?  Afunda, não é?  Só com muito esforço e ajuda é que ela consegue sair.

Novamente a pessoa entra na área movediça e novamente afunda.  Afinal de contas, o que ela espera? Levitar?  Sabemos qual é a natureza da areia movediça, portanto, conhecemos as consequências.

Trazendo isso para o nosso dia-a-dia, quando é que entramos em areia movediça?  Quando criamos expectativas; quando esperamos que o outro nos faça feliz; quando deixamos de ter responsabilidade sobre a nossa própria vida.

Vejamos,  alguém que durante sua infância e adolescência nunca pode contar com a presença do pai em suas atividades e agora adulta procura tê-lo por perto em algumas ocasiões.  Como isso não acontece, vem a decepção e a frustração.  Por que o sofrimento se a conduta do pai sempre foi essa? É preciso entender qual é a natureza desse pai; qual é o grau de consciência em suas atitudes.

Ninguém dá aquilo que não tem, então como esperar que o OUTRO tenha um comportamento que atenda aos nossos anseios, independentemente do tipo de relacionamento ou do grau de parentesco?

E é dessa forma que nos comportamos em vários aspectos de nossa vida. No trabalho, onde não encontramos realização profissional; na continuidade de um relacionamento instável; na encenação de uma vida social plena; nas amizades por interesse, etc.

O que fazer para evitar cair na areia movediça?

Assumindo a direção de nossa própria vida. Não criar expectativas em relação às pessoas, lembrando que sempre que agimos dessa maneira, o fazemos com base em nossos desejos, nossos valores e nossas vivências. Deixamos o emocional tomar conta e esquecemos que as pessoas são como são e só oferecem aquilo que podem. Depositar no outro a responsabilidade de nossa felicidade é uma perigosa ilusão.

Soluções mágicas não existem. Elas estão dentro de nós e poderão ser acessadas através do enfrentamento, da compreensão dos porquês e da empatia.

AS PESSOAS NÃO ESTÃO NESTE MUNDO PARA SATISFAZER AS NOSSAS EXPECTATIVAS, ASSIM COMO NÃO ESTAMOS AQUI, PARA SATISFAZER AS DELAS.”

                                                                                                                           Mário Quintana

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

3 respostas para COMO AREIA MOVEDIÇA

  1. Thais disse:

    Cada vez gosto mais de vc.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Elisete disse:

    Texto simples e esclarecedor, parabéns Cris.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s